Ministério Impacto Jovem – Missão Castelo

Contato!!! Ouça!!! Veja!!! Prove!!! Sinta!!! Isso é Impacto!!!

Uma (duas) tragédia(s)

Uma (duas) tragédia(s)

 

futuro

Um jovem certa vez me disse ao questioná-lo sobre o seu futuro: Meu futuro, me imagino
estudando, fazendo uma faculdade, trabalhando, construindo uma família, batalhando e lutando pelo pão de cada dia, me vejo levando uma vida tranquila, e com o devido tempo me aposentar, e assim aproveitar o fim da minha vida viajando, comprando o que sempre quis ter, conhecendo o mundo e claro, não posso me esquecer de Deus, sempre pedindo para Deus me proteger, para Deus me ajudar e me guardar.

Só pensei: que tragédia!

(história parcialmente real)

Reflitamos na música de Raul Seixas:

Ouro de Tolo
Raul Seixas 

Eu devia estar contenteR
Porque eu tenho um emprego
Sou um dito cidadão respeitável
E ganho quatro mil cruzeiros
Por mês…

Eu devia agradecer ao Senhor
Por ter tido sucesso
Na vida como artista
Eu devia estar feliz
Porque consegui comprar
Um Corcel 73… 

Eu devia estar alegre
E satisfeito
Por morar em IpanemaR2
Depois de ter passado
Fome por dois anos
Aqui na Cidade Maravilhosa… 

Ah!
Eu devia estar sorrindo
E orgulhoso
Por ter finalmente vencido na vida
Mas eu acho isso uma grande piada
E um tanto quanto perigosa… 

Eu devia estar contente
Por ter conseguido
Tudo o que eu quis
Mas confesso abestalhado
Que eu estou decepcionado…

Como diz Davi Lago: Nascemos, comemos, morremos. Trabalhamos para comer e comemos para trabalhar, nada nesta vida faz sentido, tudo é vaidade, e quando tentamos atribuir algum sentido à vida, temos a frustração que Raul Seixas também teve. Ao chegarmos ao pico do cume, olhamos para nós mesmos, vemos quão poderosos somos, voltamos para casa com uma sensação nostálgica, sensação esta que rapidamente passa, logo depois tudo perde a graça e tudo perde o sentido, pois isto não sacia o homem . Simplesmente porque nada tem sentido, tudo é vaidade. Somos um pedaço de carne apodrecida buscando por sensações, emoções e gozo pessoal que nos alimente a cada dia. Mas isso é como comer icekiss esperando saciar a fome das 12 horas.

Cristo é o pão da vida, Cristo é o manancial de águas que nunca cessam, Cristo é tudo!
De acordo com a confissão de fé de Westminster o sentido da vida do homem é viver para a glória de Deus e gozar de um relacionamento com Ele! Nada fora disto nos enche, todo o resto é decepção. Namoramos e casamos para a glória de Deus, construímos uma família para a glória de Deus, trabalhamos para a glória de Deus, estudamos para a glória de Deus, vivemos para a glória de DEUS!

Jovem, você pode estar muito novo para entender tudo isto, ou para perceber quão absurda é a vida longe de Cristo, mas te questiono, hoje, para quem você vive? Qual o sentido da sua vida? Ou seja, o que você quer da vida? Aonde você se projeta, se imagina daqui a alguns anos? O que você espera do seu futuro? Quem é o seu Senhor? Cristo ou você mesmo? Cristo é um acessório ou o centro? Ele é sua muleta ou seu amuleto?

Cristo é minha muleta e não meu amuleto. Cristo não é um símbolo no qual eu me apego, ou tenho uma esperança para me livrar dos meus problemas. Ele é minha muleta, pois sem ele eu não consigo ir à lugar nenhum, é nele que eu me apoio para ficar de pé, é Nele que eu me sustento, ou melhor, é Ele quem me sustenta, sem Cristo não fico de pé, nem saio do lugar!

Mas se levantar para que? Ir para onde? Me levantar para lutar contra o pecado, lutar para viver para a glória de Deus e ir para onde Deus me mandar!

Voltando à música de Raul Seixas, depois ele ainda mostra que mesmo assim, mesmo que nada disso o tivesse satisfeito ele ainda queria mais, ou seja, mostra a cilada onde entrou, mesmo tendo visto que não estava satisfeito com o que havia conquistado, ainda queria mais e focava sua vida nisto:

Porque foi tão fácil conseguir
E agora eu me pergunto “e daí?”
Eu tenho uma porção
De coisas grandes pra conquistar
E eu não posso ficar aí parado…

Ah!
Eu que não me sento
No trono de um apartamento
Com a boca escancarada
Cheia de dentes
Esperando a morte chegar…

Como a própria música diz em seu título, Ouro te tolo, ou seja, algo que parece valioso, mas na realidade não possui valor algum e só os tolos que são enganados por esta aparecia de importância, de valor. Os sábios, quem entende do assunto sabe que não há valor nenhum nisto tudo!

E mesmo assim Raul Seixas ainda acha que conseguirá extrair algum ganho neste ouro de tolo, tanto que ele diz que há uma porção de coisas para se conquistar! Que triste, ele percebe, mas ignora o fato que quanto mais se conquista, menos sentido se acha nisto tudo e mais se quer conquistar, enganado e engodado por seu próprio egoísmo e vaidade!

Jovem, não se espelhe em “estrelas” da televisão, da mídia, da música, da internet, eles mesmos nem sabem o que fazem! Se espelhe em Cristo e te garanto que você será muito mais que imagina e terá muito mais que sempre sonhou!
E aí, até quando você vai ser um tolo?

Paz e graças meus amados!

Arthur Pena

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Calendário

junho 2017
D S T Q Q S S
« ago    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Impact Stats

  • 24,643 acessos
%d blogueiros gostam disto: