Ministério Impacto Jovem – Missão Castelo

Contato!!! Ouça!!! Veja!!! Prove!!! Sinta!!! Isso é Impacto!!!

O que é o Evangelho?

Atualmente eu me deparo com uma infeliz verdade, muitas pessoas dentro da igreja, algumas já são membros antigos, não sabem dizer o que é o evangelho, não entendem, com profundidade, o que significa a morte de Cristo, qual foi o motivo que levou Cristo a morrer pregado naquela Cruz e não entendem qual a importancia disto para nós.

Alguns Crentes ainda acham que é por ser bonzinho que serão salvos, outros acham que é por não fazerem muitas coisas más, outros acham que quanto mais caridade fizerem mais “próximos” de Jesus estarão, elas acham que a salvação está atrelada ao que ELAS fizeram e não ao que CRISTO fez.

“Como está escrito: ‘Não há nenhum justo, nem um sequer; não há ninguém que entenda, ninguém que busque a Deus. Todos se desviaram, tornaram-se juntamente inúteis; não há ninguém que faça o bem, não há nem um sequer’.” Romanos 3:10-12

“não por obras de justiça praticadas por nós, mas segundo sua misericórdia, ele [Jesus] nos salvou.” Tito 3:5

Ef 2:8,9 / 2 Tm 1:9 / Rm 3:20-28 / Is 64:6

Esta é a diferença do Cristianismo para todas as outras religiões, nas outras religiões o lema é: “faça isto, faça aquilo, faça este ritual, faça estas boas obras”. No Cristianismo é: “Tudo foi feito”, para ter um relacionamento pessoal com Deus não é necessário fazer nada, pois tudo foi já feito por Ele, na verdade nada poderíamos fazer, porque o erro foi nosso, Deus odeia o pecado e nós desde que nascemos o amamos!

A primeira distorção desta verdade é: “Já que não é necessário fazer nada, então não vou mais ajudar o próximo, porque não é por obras que somos salvos, correto?”
Errado; verdade é que somos salvos mediante a fé em Cristo Jesus, mediante a graça, o favor imerecido de Deus para nós, por misericórdia Dele. Mas uma fé sólida e firme em Cristo Jesus gera no homem um amor em ajudar o próximo, não mais por obrigação, mas porque agora ele ama fazer o bem. Fato é que isto não é instantâneo, mas com o decorrer do tempo o Cristão percebe quão maravilhoso é fazer o bem e fugir do mal.

“Vejam que uma pessoa é justificada por obras, e não apenas pela fé.” Tiago 2:24

“As religiões ensinam que o homem faz boas obras PARA SER SALVO, enquanto a Bíblia ensina que fazemos boas obras POR QUE JÁ SOMOS SALVOS. A religião exalta ao homem, e diminui tamanho sacrifício de Cristo na cruz, pois acha que pode merecer a salvação. Mas o cristianismo exalta a Deus, pois reconhece que seria impossível pagar o que foi comprado por Cristo na cruz. Religião é motivada pela culpa, mas cristianismo pela graça. Religião leva à escravidão, dúvida e insegurança, enquanto cristianismo verdadeiro leva à segurança de um relacionamento filial com Deus.” [1]

Feliz foi o dia em que vi quem eu realmente sou, feliz foi o dia em que me mostraram qual é minha natureza. A bíblia chama isto de concupiscência Carnal, alguns estudos Filosóficos indicam que é uma tendência no ser humano em ser violento, egoísta e sentir prazer em fazer o mal. Eu descobri que este era o meu eu natural, este é o seu eu natural, nossa natureza foi corrompida pela pecado, culpa de Adão e Eva. Não se engane, nunca, em vida, esta natureza irá “sumir”, ela sempre estará presente, mesmo depois de convertido.

Mas ao convertermos, morre a velha criatura, morta em seus delitos e pecados, e nasce um novo homem. A partir do momento que nascemos de novo existe uma mudança radical na nossa forma de ver a vida, ver Cristo e ver o evangelho. Passamos a ser Santos diante de Deus, a viver o processo de Santificação, nos assemelhando cada dia mais à imagem de Jesus Cristo, carregando a nossa cruz e nos negando.

“Quanto à antiga maneira de viver, vocês foram ensinados a despir-se do velho homem, que se corrompe por desejos enganosos, a serem renovados no modo de pensar e a revestir-se do novo homem, criado para ser semelhante a Deus em justiça e em santidade provenientes da verdade.” Efésios 4:22-24

Por isso precisamos tanto de Cristo, nós não conseguimos nos salvar, apenas Ele o faz, mesmo nossas melhores obras são como borrifar perfume em um cadáver, ou seja, continuará fedendo da mesma forma, nossas melhores obras não atingem o nível de perfeição exigido por Deus. Por que Deus exige a perfeição? Da mesma forma que um juiz integro, justo e honesto condena algum criminoso, Deus que é o reto Juiz perfeito, também irá condenar nós seres humanos por nossos crimes, que são chamados de pecados, é simples entender isto. Mas Cristo pagou nossa fiança, ALELUIA!

Hoje vivemos mediante a fé em Cristo Jesus, fazemos obras por sermos Salvos, sabemos dessa natureza pecaminosa que ainda existe em nós, mas crucificamos o velho homem a cada dia, vivemos hoje em santidade, somos Santos diante de Deus, esperamos e desejamos a volta de nosso salvador Jesus Cristo! Maranata (O Senhor vem!)

“Todavia, de acordo com a sua promessa, esperamos novos céus e nova terra, onde habita a justiça. Portanto, amados, enquanto esperam estas coisas, empenhem-se para serem encontrados por ele em paz, imaculados e inculpáveis.” 2 Pedro 3:13-14 

Arthur P.

[1] Pr. Davi Merkh

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Calendário

dezembro 2017
D S T Q Q S S
« ago    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Impact Stats

  • 25,487 acessos
%d blogueiros gostam disto: