Ministério Impacto Jovem – Missão Castelo

Contato!!! Ouça!!! Veja!!! Prove!!! Sinta!!! Isso é Impacto!!!

Livres em Cristo Jesus – 2ª Parte

 “Mas agora, assim diz o Senhor que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu. Quando passares pelas águas, eu serei contigo; quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti. Porque eu sou o Senhor teu Deus, o Santo de Israel, o teu Salvador; por teu resgate dei o Egito, e em teu lugar a Etiópia e Seba. Visto que foste precioso aos meus olhos, e és digno de honra e eu te amo, portanto darei homens por ti, e es povos pela tua vida.” (Isaías 43:1-4)

Deus é tão maravilhoso e seu amor por nos é tão grande! Mas mesmo assim temos medo da liberdade em Cristo: mesmo sendo libertos ainda somos servos, mas servos do Deus altíssimo, e a Palavra de Deus e bem Clara quando Diz em Isaías 43:1b a – “Não temas porque eu te remi; te chamei pelo teu nome, tu és meu.” Por isso não devemos temer em sermos servos do Senhor e fazer aquilo que ele nos manda fazer, porque ele sabe o que é melhor pra nós, e Ele é quem dá a direção. E tudo isso ele fará, mas se realmente queremos isso pra nossa vida não importa se ainda estamos presos, temos que tomar atitudes de pessoas libertas, pois assim veremos a Glória do Senhor.

“Cantai alegres, vós, ó céus, porque o Senhor fez isso; exultai vós, as partes mais baixas da terra; vós, montes, retumbai com júbilo; também vós, bosques, e todas as árvores em vós; porque o Senhor remiu a Jacó, e se glorificará em Israel. Assim diz o Senhor, teu Redentor, e que te formou desde o ventre: Eu sou o Senhor que faço todas as coisas, que sozinho estendi os céus, e espraiei a terra (quem estava comigo?)” (Isaías 44:23-24)

Devemos nos alegrar no Senhor, pois foi Ele quem nos libertou, e tomando atitude de pessoas libertas não ficaremos presos ao velho homem, e assim não daremos legalidade para que o inimigo aja nas nossas vidas, nos prendendo, tentando nos escravizar. Por isso glória ao Senhor devemos dar, por nos libertar.

“Em toda a angústia deles foi ele angustiado, e o anjo da sua presença os salvou; no seu amor, e na sua compaixão ele os remiu; e os tomou, e os carregou todos os dias da antigüidade. Eles, porém, se rebelaram, e contristaram o seu santo Espírito; pelo que se lhes tornou em inimigo, e ele mesmo pelejou contra eles. Todavia se lembrou dos dias da antigüidade, de Moisés, e do seu povo, dizendo: Onde está aquele que os fez subir do mar com os pastores do seu rebanho? Onde está o que pôs no meio deles o seu santo Espírito?” (Isaías 63:9-11)

Em todos os momentos difíceis de nossas vidas, quando estamos firmes no Senhor, pela tua graça e misericórdia e por tanto nos amar, Ele nos consola com teu Espírito, manda anjos a nosso favor, nos conduz ao cominho certo, nos dá as estratégias para que sejamos vitoriosos na nossa peleja.

Talvez achamos que estamos bem: “nada está me escravizando, sou livre e nada me prende!”, mas temos que nos perguntar: Realmente somos totalmente libertos?

Lucas Junio

Anúncios

Um comentário em “Livres em Cristo Jesus – 2ª Parte

  1. Lucas Junio Alves
    28 de novembro de 2011

    Sera que realmente somo “Livres”? mas uma coisa eu estou certo, somos Livres do Pecado, Que custou o Sangue precioso de Jesus..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 23 de novembro de 2011 por em Palavra da semana.

Calendário

novembro 2011
D S T Q Q S S
« out   dez »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Impact Stats

  • 25,481 acessos
%d blogueiros gostam disto: